Usando dados para explorar a história do Billboard Hot 100 | MicroStrategy
Data Visualization

Usando dados para explorar a história do Billboard Hot 100

Ao olharmos para 2018, pensamos em tirar um momento para explorar as músicas mais tocadas da Billboard Music do ano e as faixas que foram escolhidas desde o início. Comemorando o seu 60º aniversário em 2018, a Billboard Hot 100 utilizou dados de vendas, reproduções na rádio e streaming online nos Estados Unidos para determinar seu ranking de músicas populares.

A MicroStrategy criou um dossier usando dados de toda a história da Billboard Hot 100, com foco especial nas principais músicas de 2018. Para os principais hits do ano, analisamos a complexidade lírica de cada música usando uma ferramenta de análise de texto online.

Para aqueles familiarizados com o desafio “In My Feelings” ou o vídeo da música “God’s plan”, não é surpreendente que Drake teve um sucesso enorme em 2018. Drake superou os outros artistas em primeiro lugar da Billboard, com um total de três músicas mais tocadas (“God’s plan”, “Nice for what” and “In My feelings”), e passou 29 semanas com uma música na primeira posição. O Maroon 5, com a participação de Cardi B, foi o segundo melhor artista do ano, passando sete semanas no primeiro lugar com o hit “Girls Like You”. Em terceiro lugar, com seis semanas na primeira posição, estava "Thank U, Next", de Ariana Grande.

Usando uma ferramenta de análise textual, exploramos a complexidade linguística dos hits de 2018. A densidade lexical é calculada dividindo-se o número de palavras lexicais, ou seja, todas as palavras excluindo palavras gramaticais como preposições e conjunções pelo número total de palavras. "Perfect", de Ed Sheeran, tinha a maior densidade lexical em 44,21, enquanto "Sad!" do XXXtentacion tinha a menor densidade lexical em 8,01.

Curiosamente, enquanto usava a linguagem mais complexa, “Perfect” usava apenas 285 palavras no total. “Sicko Mode”, de Travis Scott, usou o maior número de palavras, 782, e incorporou o maior número de palavras únicas, 316. Sem nenhuma surpresa, "Sad!" teve o menor número de palavras únicas, 25. Os motivos para essa discrepância incluem as gírias e frases coloquiais usadas em “Sicko Mode”, que aumentam a complexidade linguística, enquanto “Sad!” repete as mesmas frases e versos.

Se você deseja chegar ao topo das paradas em 2019, sua melhor aposta é criar uma música usando cerca de 490 palavras com uma densidade lexical de 31. Não se esqueça de colocar algumas das palavras mais populares, como "yeah", "na" e "ooh".

Olhando para a história da Billboard Hot 100, encontramos alguns insights fascinantes. “Radioactive”, do Imagine Dragons, passou o maior número de semanas na lista Hot 100, com um total de 87 semanas ao longo de três temporadas no Hot 100 em 2012, 2013 e 2014. No entanto, Radioactive nunca alcançou o topo da parada. Sua maior colocação era a terceira posição. "One Sweet Day", de Mariah Carey e Boyz II Men, e Luis Fonsi e Daddy Yankee, com "Despacito” (com participação de Justin Bieber), estão empatados com a música que passou mais tempo na primeira posição, por 16 semanas.

Os Beatles tiveram o maior número de músicas na Billboard Hot 100, com 65 das músicas da banda sendo escolhidas. Taylor Swift fica logo atrás dos Beatles, com 64 de suas músicas fazendo parte da lista. Ela ultrapassara os Beatles em 2019 com o lançamento de outro álbum? Fique ligado!

Pronto para encarar a música? Confira mais informações no dossier e faça o download do MicroStrategy Desktop gratuitamente.

Comments Blog post currently doesn't have any comments.