Crescendo e evoluindo junto com o mercado de Analytics | MicroStrategy
BI Trends

Crescendo e evoluindo junto com o mercado de Analytics

Seria equivocado dizer que esse mercado, que por muito tempo foi conhecido exclusivamente como business intelligence, tem tido altos e baixos. Temos apresentado crescimento ano a ano e apesar de algumas crises que atravessamos nos últimos tempos, as expectativas continuam positivas. Segundo o Gartner, até 2022, 90% das estratégias empresariais terão a “informação” como um ativo corporativo crítico e a “análise” como uma competência necessária. Para 2019, as perspectivas são muito boas e o mercado de Data & Analytics deve movimentar US$18,3 bi globalmente. 

Claro que para chegar até onde estamos hoje, houve evolução. As aplicações mudaram. O BI tradicional (aquele que olhava para dados históricos, no passado), perdeu espaço para as análises preditivas e, com as novas soluções, o usuário não precisa ser mais da área de TI para fazer suas próprias análises. No entanto, seria igualmente imprudente ignorar o fato de que, ao longo de sua trajetória, esse setor, que tem conquistado uma importância crescente para quem toma decisões, seja quem for, não tenha passado por mudanças. Em 2007, quando, assim como nos dias de hoje, o setor de Data e Analytics estava em plena ascensão, players foram adquiridas por gigantes e suas tecnologias incorporadas aos portfólios igualmente enormes dessas empresas. Ou seja, as soluções de business intelligence, passaram a ser ofertadas dentro de um pacote.

O resultado: não sobrou quase ninguém focado nesse tipo de solução. E os que ficaram não conseguiram acompanhar a evolução e não responderam às necessidades que foram surgindo diante dos novos cenários e, sobretudo, a importância que a inteligência e os dados conquistaram ao longo dos anos. E novamente, em 2019, no auge das boas previsões, vemos novas movimentações e aquisições sendo realizadas nos mesmos moldes, o que abre caminho para discussões de como ficará esse mercado e como ficarão as soluções e, especialmente, como serão atendidos os clientes de cada uma delas.

A boa notícia é que há sim quem ficou e não parou de evoluir.

A trajetória de quem ficou

A Microstrategy felizmente é uma das “sobreviventes” desses movimentos e também uma das empresas que espera alçar bons voos com esse boom do mercado. A inovação, solidez e compromisso com os projetos e resultados dos nossos clientes estão no DNA. São 30 anos de dedicação exclusiva ao tema business intelligence, Data & Analytics, introduzindo conceitos e ferramentas que mudaram o modo de gerar análises corporativas e sua forma de apresentação, atendendo tanto as áreas de negócios como de TI. Sempre com um fim: tornar as empresas mais inteligentes por meio dos dados e do analytics.

Fomos pioneiros na Cloud Intelligence, mobilidade, self-service BI e data discovery, evoluímos na governança de dados e, agora, mais recentemente, com o HyperIntelligence, estamos levando as respostas para quem precisa (sem as perguntas). Diante disso, acho que temos expertise e know-how suficientes que nos permitem afirmar o quanto estamos sólidos e fortes no cenário nacional e internacional de BI. Vimos o setor passar por importantes transformações, superamos desafios, mas seguimos em expansão e com inovação.

Somos uma plataforma de BI moderna e muito sólido, com presença forte no Brasil, e que em sua versão 2019 chegou com inovadoras funcionalidades, como o HyperIntelligence (que recebeu o Prêmio de Inovação digital da Ventana). E, pelo Critical Capabilities Report 2019 do Gartner, somos os líderes, com a maior pontuação geral e o primeiro colocado em quatro dos cinco casos de uso. O próprio Gartner tem nos citados como uma excelente alternativa a ser considerada, inclusive para self-service BI.

E no Brasil?

No País, estamos cada vez mais maduros, não por coincidência atingimos a maioridade. São 21 anos, muitos projetos implementados e bem-sucedidos, mudando a forma como nossos clientes tomam decisões e fazem negócios. Estamos de casa nova, com uma moderna estrutura e capacidade 30% superior. Tudo foi projetado tanto para acomodar melhor o time de colaboradores, como também para oferecer uma excelente experiência para o cliente.

A ampliação da estrutura está inserida dentro da expectativa de crescimento da companhia no País e integra uma série de investimentos que estão sendo realizados. O que reforça o compromisso e a importância da região para a MicroStrategy. A prioridade é antecipar oportunidades e incrementar a performance dos clientes em direção à transformação digital, além de estabelecer uma nova liderança da empresa no Brasil e na América Latina, que é atualmente um dos principais mercados para a companhia no cenário internacional. Novas contratações, fortalecimento de parcerias e ampliação dos programas de canais também são algumas das ações previstas no planejamento estratégico para este ano.

Enfim, isso tudo mostra que estamos no caminho certo e que independente do que aconteça no mercado seguiremos levando as respostas até você. O segredo é não só sobreviver, mas sim evoluir. 

Comments Blog post currently doesn't have any comments.