Tendências 2019: Como incorporar Analytics em outros aplicativos permite alcançar o sucesso | MicroStrategy
BI Trends

Tendências 2019: Como incorporar Analytics em outros aplicativos permite alcançar o sucesso

“Hoje em dia, analistas passam 80% de seu tempo buscando, limpando, validando e protegendo dados e somente 20% do tempo fazendo as análises propriamente ditas.” Será que sua organização encaixa-se nessa estatística surpreendente da Diretora de Pesquisa da IDC, Chandana Gopal?

Com o volume e a complexidade de dados prestes a aumentar (a IDC estima que a esfera de dados global aumentará de 33 zettabytes em 2018 para 175 zettabytes em 2025), Gopal diz que as empresas precisam imediatamente definir uma estratégia para capacitar todos os usuários com os dados e  disponibilizar o acesso ao analytics que eles precisam para tomar decisões rápidas e conscientes. O que deve ser incluído nesta estratégia? Um investimento sólido na incorporação de analytics, diz Gopal.

“A maioria das grandes empresas implantou ferramentas de inteligência comercial, data warehouse, data lakes, analytics preditivo e muitas outras soluções,” observa a gerente de pesquisa em 10 Tendências de Analytics Empresarial para se observar em 2019, “mas perderam a essência do motivo para terem investido nessas ferramentas”.

“Geralmente, elas foram implantadas em silos ou foram disponibilizadas para um grupo seleto de pessoas dentro da organização ou têm sido tão complexas que não são acessíveis a área comercial. Como resultado, mesmo após décadas de investimento, poucas empresas podem afirmar que são verdadeiramente inteligentes.”

Mas, com a disrupção digital diretamente relacionada a novos ou evoluídos modelos de negócios, orientados por insights, e experiências de cliente, esse não é o momento para quaisquer ou muitos colaboradores trabalharem às cegas.

Ao incorporar inteligência em aplicativos, os usuários comerciais poderão concentrar-se em novas ideias e inovar ainda mais rapidamente do que antes. —Chandana Gopal, IDC

Gopal recomenda uma abordagem escalonada para aquelas organizações que precisam da virada para capacitar todos com dados e insights. “Ao avaliar casos de uso comercial para determinar quais deles mais provavelmente alcançarão o sucesso com a infusão de dados e analytics, as empresas devem priorizar investimento naqueles que podem mostrar um retorno a curto prazo sobre o investimento para obter a confiança da empresa — e ao mesmo tempo planejar sobre analytics incorporado em mais processos complicados de ponta a ponta e a longo prazo”, observa Gopal.

“As empresas devem tratar o processo de analytics como um ciclo de vida interativo, no qual cada etapa aprende e se adapta a partir da anterior. Conforme a empresa amadurece com sua estratégia de dados, ela pode progredir de poder alavancar analytics descritivo retroativo (que considera o desempenho histórico) para se tornar preditiva e finalmente prescritiva em natureza.”

Para obter a recomendação da gerente de pesquisa do IDC sobre as próximas etapas para organizações, incluindo a alavancagem de aprendizado de máquina e inteligência artificial, faça o download de uma cópia complementar do eBook 10 Tendências de Analytics Empresarial para se observar em 2019, apresentando insights de IDC, Constellation Research, Forrester, Ventana Research, e muito mais.

Comments Blog post currently doesn't have any comments.