10 tendências de analytics empresarial para se observar em 2019 | MicroStrategy
BI Trends

10 tendências de analytics empresarial para se observar em 2019

Para sobreviver e prosperar em uma era de aceleração da disrupção digital, as organizações precisam de dados acessíveis, insights acionáveis, inovação contínua e modelos de negócios disruptivos. Já não basta priorizar e implementar analytics; líderes estão sendo desafiados a parar de fazê-los apenas por uma questão de analytics e se concentrar em resultados comerciais definidos.

Enquanto IA, crescimento acelerado e transformação se tornam prioridade, muitos líderes estão percebendo que sua abordagem segmentada de analytics atual não é durável, e que a transformação real precisará de uma gestão adequada de dados de ponta a ponta, segurança de dados e uma plataforma de processamento de dados para toda a empresa. Este ano, está ocorrendo uma reviravolta para muitas organizações que percebem que apenas ser “orientada por dados” não garantirá o sucesso futuro.

Enquanto as empresas se concentram em sua visão para 2020 (e até 2030), há 10 tendências principais que, segundo os maiores influenciadores em big data e analytics, merecem a atenção dos executivos. A primeira vem do VP e Analista Principal da Forrester, Mike Gualtieri, da Analista Principal da Forrester, Jennifer Belissent, e do Analista Sênior da Forrester Cinny Little, que preveem que, em 2019, a mentalidade de dados mudará da visualização para resultados: “Interessante já não é mais o padrão para esforços em insights comerciais. Em vez disso, projetos de insights devem separar os objetivos comerciais dos resultados comerciais”. 

““De acordo com a Forrester Analytics, 57% dos tomadores de decisão de dados globais e analytics ainda estão nos estágios iniciais da transformação de suas empresas orientadas por insights e se classificam como iniciantes em nosso segmento de maturidade. Somente 8% demonstra competências avançadas e orientadas por insights”. - Forrester Predictions 2019: Insights Comerciais.

Marcus Borba, membro do BBBT, observa que haverá cada vez mais investimentos em IA explicável, todos com um motivo muito importante: gerenciar regulamentações, uso ético dos dados, transparência, requisitos de conformidade e risco. Enquanto a inteligência artificial se torna mais sofisticada, preocupações em torno de equidade, viés e segurança precisarão de ação imediata.

Marge Breya, CMO da MicroStrategy, se concentra em uma inovação em analytics empresarial que ofereça inteligência a todos os colaboradores de uma forma que seja facilmente consumida por cada indivíduo, finalmente derrubando a barreira para a adoção de analytics em toda a organização. “O analytics por meio de Hyperintelligence triunfará sobre o self-service em 2019”, observa Breya.

A Gerente de Pesquisa do IDC, Chandana Gopal, reforça que o sucesso na economia digital será permitido por meio da incorporação de inteligência em aplicativos para a rotina da empresa, assim todos os colaboradores serão capacitados. “O volume e a complexidade de dados estão aumentando rapidamente, e as empresas precisam de uma estratégia clara para fornecer a todos os profissionais de conhecimento o acesso a dados e analytics dentro de seus grupos de trabalho”, comenta.

Analisando o que será diferente para os líderes e seguidores rápidos de analytics em 2019, o Vice-Presidente da Constellation Research e Analista Principal Doug Henschen afirma que há três áreas nas quais os líderes precisarão se destacar. 

“A maturidade de dados é tal que ter dados em grande escala e até mesmo ter um sólido gerenciamento de dados em fontes on-premise e baseadas em nuvem não diferencia mais os líderes de 5% das organizações ou 15% das organizações que seguem rapidamente”. - Doug Henschen, Constellation Research.

O SVP da Ventana Research, David Menninger, que previu o uso principal de assistentes de voz para analytics em 2018, observa que a colaboração será um foco importante em 2019. “Nossa pesquisa mostra que mais da metade (52%) das organizações usa ou pretende usar a colaboração com o analytics. Fique de olho no prêmio — ação, não apenas analytics”, observa Menninger.

O Fundador da Constellation Research e Analista Principal Ray Wang ecoa essa emoção. "Pare de fazer analytics para fins de analytics", aconselha o autor de Disrupting Digital Business. Ele também observa que os líderes de analytics aplicarão IA para agilidade e dimensionamento nos negócios em 2019, mas devem fazê-lo com cinco elementos importantes em mente.

Em uma nota relacionada, o analista e influenciador de transformação digital, Ronald van Loon, comenta que, em 2019, as estratégias de inteligência artificial se tornarão uma necessidade. "Não é uma questão de se a IA transformará o seu setor, e sim, uma questão de quando. Quanto antes as empresas estiverem prontas para usar IA em todas as suas funções principais, mais rápido elas serão beneficiadas e mais preparadas estarão para o futuro digital. Portanto, toda empresa precisa de uma estratégia de IA e deve preparar uma solução completa de gerenciamento”, explica.

No ebook “10 tendências de Analytics Empresarial para se observar em 2019”, a Executiva da Georgia Tech e Professora de Analytics Beverly Wright lista seis tendências que ela está observando em 2019, incluindo o aumento do movimento rumo à automação, IA e técnicas, métodos e processos de aprendizagem profunda.

Outra tendência são as iniciativas deliberadas de cultura de dados, que o CEO da Ventana Research, Mark Smith, observa que podem ser reforçadas pela mobilidade empresarial. Em sua tendência a ser observada, Smith se concentra em seis principais inovações móveis que estão tornando a mobilidade corporativa um foco essencial no futuro.

Desde analytics incorporado e aumentado por IA até tomadas de decisão colaborativas, foco em resultados de negócios, estratégias de IA, mobilidade transformacional e respostas que o identificam, dê uma boa olhada no que os atuais líderes dizem que deve ser focado pelas organizações hoje para sobreviver e prosperar no amanhã. Faça o download do ebook ou assista ao webcast com a participação do influenciador de analytics e transformação digital Ronald van Loon.

Comments Blog post currently doesn't have any comments.